Nuntiare: despesa ou referência para a UEPG?

O descaso com a educação pública atinge a produção da Nuntiare. Falta de recursos financeiros e orçamento? Burocracia? Mudança de gestão na Reitoria? E como o Curso de Jornalismo da UEPG é prejudicado? A última edição impressa do periódico foi atrasada por quase dois meses. Desde o início do ano, a Universidade vem alegando falta de orçamento e não liberou o pedido para impressão das quatro edições da revista de uma só vez, ou seja, em contrato único com a gráfica. O contrato para a impressão da 1ª edição foi feito de maneira separada. E foi com o fechamento da 2ª que começou o problema.

Constatou-se que a Universidade não possuía recurso financeiro. A equipe de redação precisou aguardar a mudança de gestão da Reitoria para entrar com um novo pedido de contrato com gráfica. Então, somente em setembro foi possível abrir um diálogo com os responsáveis por esse processo na instituição. Com o novo pedido de impressão para as demais edições de 2018 (três), apenas no final de setembro a UEPG liberou o contrato para a gráfica imprimir a 2ª Nuntiare.

A Nuntiare é componente fundamental do tripé da Universidade – ensino, pesquisa e extensão -, considerada exercício de aprendizado para os acadêmicos, pois está vinculada a duas disciplinas do curso. Além de trazer as pesquisas científicas produzidas pelos diversos cursos da UEPG para um diálogo direto com a comunidade, esta também funciona como jornal-laboratório, na medida em que permite aos alunos colocar em práticas suas habilidades aprendidas em sala de aula.

A Nuntiare faz um trabalho de divulgação das pesquisas e produções científicas realizadas nos diversos setores da UEPG. A equipe de redação faz um esforço de questionar e refletir sobre a relação dos projetos com a sociedade pontagrossense. Em especial, esta 3ª edição da revista traz um dossiê sobre saúde preventiva. Estar com a vacinação em dia, procurar atendimento médico, incentivar o aleitamento materno e usar antibióticos sob prescrição médica são questões que colaboram diretamente para a qualidade de vida do ser humano. Apesar de ser uma revista laboratorial, a Nuntiare tem sua importância na sociedade, circula em espaços estratégicos da cidade como instituições de ensino superior e escolas. O periódico trata de temas com peso social muito grande, o que aumenta seu compromisso com a qualidade diante da comunidade pontagrossense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *